terça-feira, 24 de março de 2009

Amor que Transforma

II Corintios 5:14 - Porque o amor de Cristo nos constrange...

Queridos e amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus, quanto mais buscamos refúgio e amparo na Palavra de Deus, mais e mais nos deparamos com o excelso Amor do Deus Pai. Olhando para a palavra do apóstolo Paulo pregada para a igreja de Coríntio, fiquei com o coração aquecido e a alma jubilante. Busquei então usar do ensinamento do Mestre e fui examinar. Analisando a palavra “constranger”, descobri que ela tem o significado de compelir, de coagir, de impulsionar por meio do pudor, através de um acanhamento. Mais ser constrangido pelo amor de Cristo é muito mais que que um acanhamento ou uma encabulação, ser constrangido pelo amor de Cristo é ser e ter transformado todos os nossos pobres valores, todos os nossos pequenos conceitos e toda a nossa medíocre conduta, imposta por um sistema social em plena decadência, onde os valores morais e éticos estão cada vez mais deturpados e o ser humano é cada vez mais escravizado pela mídia. Ser constrangido pelo amor de Cristo, é experimentar características insofismáveis que só este amor supremo possui. Quero aqui citar apenas três dentre outros, de grande prioridade na vida de um Cristão genuinamente convertido.

A primeira característica, é a capacidade que ele - o amor - tem de nos regenerar, regatando nossas vidas do pecado e restabelecendo moralmente o que parecia destruído.

A segunda, que é fruto da primeira característica, é a reconciliação, ou seja, refazer as boas relações restaurando a paz, transformando a inimizade em afeto.

E a terceira é a remição. Em outras palavras, este excelso amor tem o poder de adquirir de novo, de resgatar, de libertar resgatando do cativeiro.

Existe um profundo relacionamento entre as três características. A palavra deixa explicito que através deste sentimento tão puro e verdadeiro, tão sublime e santo, Deus criou a maior, melhor e única maneira de voltarmos a nos relacionar com Ele. É hora de sermos realmente constrangidos por este amor, pois só assim seremos “nova criatura”. Chegou o tempo em que a igreja de Jesus Cristo precisa deixar as coisas velhas e ver tudo se transformar em novo, novidade de vida, novas conquistas, novas realizações, novos testemunhos, novos valores e principalmente, nova comunhão com Deus. Como está escrito, isso é estar em Cristo. E mais; TUDO isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação. Deixe e sinta este Amor te constranger. Mude e seja pleno!

A Paz do Cristo seja com todos.

Evangelista Cesar Augusto A. Tucci

ICPB – Ministério Porta da Vida / Jd. Dona Francisca

Nenhum comentário: