terça-feira, 26 de outubro de 2010

"O Rei Vai Devolver”

"O Rei Vai Devolver"

II Reis 8:6 - E o rei perguntou à mulher, e ela lho contou. Então o rei lhe deu um oficial, dizendo: Faze-lhe restituir tudo quanto era seu, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou a terra até agora.

Queridos e amados irmãos e irmãs no Senhor, quero apenas deixar algo do Deus Supremo para nossas vidas.
Quando lemos o texto em questão, onde Geazi esta contando a pedido do próprio rei todos os feitos do profeta Eliseu, vemos que no ato do relatar, chega à mulher a qual o filho lhe havia sido devolvido com vida. O rei maravilhado dá uma ordem de 'devolver tudo' o que ela havia deixado, perdido após sete anos.
Ao lermos também em Gênesis 41:39 ao 44, vemos um rapaz sonhador, cheio de vida e desejos em seu coração, mas que devido aos seus sonhos foi invejado, odiado, traído e vendido pelos próprios irmãos como escravo a outro povo. José após 13 anos aproximadamente, o sonhador tem 'de volta', pelas mãos do rei a sua 'honra', que havia sido manchada com sangue e mentiras.
Em II Samuel 9, vemos uma situação bem semelhante. O rei Davi, por amor a Jônatas, procura alguém da casa de Saul para com ele agir com benevolência e benignidade. Chega a sua presença Mefibosete, um homem aleijado de ambos os pés, esquecido e abandonado em Lo-Debar, um lugar de tristeza e dor. Mas o rei 'devolve' a Mefibosete a 'dignidade'. O aleijado que antes se arrastava agora tem lugar à mesa do rei, todos os dias juntamente com sua família real.
Meu amado irmão, minha querida irmã. Em Lucas 7:11 ao 17, podemos encontrar outro exemplo lindo, onde o Rei Jesus se encontra com o enterro do único filho de uma viúva e movendo-se de íntima compaixão toca a esquife e ressuscita o que antes estava morto. O Rei devolve à vida daquela viúva a esperança e a alegria.
Não sei em que área de sua vida, onde é que ao olhar parece que já se foi que não tem mais jeito. Talvez você esteja se sentindo como José; seus sonhos foram pisados e ficaram na prisão... Ou talvez se sinta como Mefibosete; sem condições de continuar, esquecido, abandonado... Ou ainda se veja como aquela viúva; sem esperança e sem alegria... CREIA! O Rei tem poder para devolver. Basta acreditar, chegar até Ele, buscá-lo, se humilhar e ouvir Sua doce voz.
Não importa o que se perdeu, mas sim confiar que o Rei pode devolver para a Glória do seu Eterno Reino. Nosso irmão Jó não sabia, nem tinha consciência porque passava por tantas adversidades, mas 'teve de volta' em dobro tudo que havia perdido. Na vida da mulher do texto inicial não foi diferente.
Falo daquilo que tenho vivido e experimentado da parte de Deus!
Que a Paz do Rei Restaurador seja com todos.


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
Email: evangelistacesar@hotmail.com
Email: cesartucci@gmail.com

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

"Para Vencer É Preciso Descer"

Tiago 4:10 - Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.

Boa tarde e que a Paz seja sobre todos.
Vivemos hoje 'alguns tipos' de cristianismo que foge completamente da imutabilidade do evangelho de Jesus. Todos querem as bênçãos, as conquistas, as vitórias, o reconhecimento, as promessas... em fim, queremos, queremos e queremos. Mas esquecemos que precisamos usar um principio fundamental da Palavra de Deus que é inverso do mundo: a humildade. No reino celestial para subirmos é necessário primeiro descermos. Pense nisso!
Gideão desceu até as águas do rio (Juízes 7:4);
Davi desceu até ribeiro antes de lutar contra o gigante (I Samuel 17:40);
Jeremias desceu à casa do oleiro (Jeremias 18:2);
Sadraque, Mesaque e Abdnego desceram até na fornalha (Daniel 3:23);
Daniel desceu na cova dos leões (Daniel 6:16);
Jonas desceu até o ventre do peixe (Jonas 2:3);
A mulher do fluxo de sangue desceu à orla das vestes de Rei Jesus (Mateus 15:21);
Uma mulher pecadora desceu em prantos aos pés do Cristo Salvador (Lucas 7:36)
Zaqueu desceu do alto para ter o Mestre dentro do seu lar (Lucas 19:5);
Saulo desceu (caiu) da montaria para ser transformado em apóstolo dos gentios (Atos 9:4);
O próprio Jesus desceu para lavar os pés dos discípulos (João 13);
... e assim por diante...
Amados que estes exemplos, fora outros inúmeros que não foram citados, possam servir para nosso dia a dia. Precisamos entender o que o Senhor quer nos ensinar quando Ele diz: Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado (Lucas 14:11). Humilhar-se é um privilegio e uma honra para nós, povo de Deus, pois Ele deixou o maior exemplo para toda humanidade... Filipenses 2:5 ao 8 - De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz... I Pedro 5:6 - Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;
Que o rico exemplo de Jesus seja com todos e sobre todos!
Paz do Senhor.

Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com

"O Livro - Parte II"

II Timóteo 3:16 - Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

Bom dia povo de Deus. Que Cristo e sua gloriosa Paz seja com todos.
Voltando a meditação no tema que iniciamos no domingo passado, sobre "O Livro", vamos hoje meditar em outra característica importante: corrigir. Tem por significado: mudar para bem ou para melhor; tirar defeitos; eliminar os erros. Partindo deste princípio podemos olhar pala o livro de II Reis e ver o rumo de toda uma nação em pleno estado decadente ser 'corrigido'.
Tinha Josias oito anos de idade quando começou a reinar, e reinou trinta e um anos em Jerusalém; e fez o que era reto aos olhos do SENHOR andando em todo o caminho de Davi, seu pai, e não se apartou dele nem para a direita nem para a esquerda. E o que mais chama a atenção neste texto tão rico para a vida do cristão é que Juerusalem estava fora dos propósitos do coração do Senhor e isso só foi descoberto depois de se ler "O Livro". II Reis 22:8 - Então disse o sumo sacerdote Hilquias ao escrivão Safã: Achei "O Livro" da lei na casa do SENHOR. E Hilquias deu "O Livro" a Safã, e ele o leu diante do rei. Sucedeu, pois, que, ouvindo o rei as palavras do "Livro" da lei, rasgou as suas vestes e disse: Ide, e consultai o SENHOR por mim, pelo povo e por todo o Judá, acerca das palavras deste "Livro" que se achou; porque grande é o furor do SENHOR, que se acendeu contra nós; porquanto nossos pais não deram ouvidos às palavras deste "Livro", para fazerem conforme tudo quanto acerca de nós está escrito. Quando lemos e analisamos o texto, vemos que o rei ao ficar consciente dos caminhos errados em que o povo e a nação andavam, turbou-se e procurou 'corrigir', 'eliminar' os erros que estavam cometendo diante dos estatutos do Senhor. No capitulo seguinte o rei lê para todo o povo "O Livro" e refaz, restaura a aliança com o Deus Vivo. II Reis 23- O rei subiu à casa do SENHOR, e com ele todos os homens de Judá, e todos os moradores de Jerusalém, os sacerdotes, os profetas e todo o povo, desde o menor até ao maior; e leu aos ouvidos deles todas as palavras do "Livro" da aliança, que se achou na casa do SENHOR. E o rei se pôs em pé junto à coluna, e fez a aliança perante o SENHOR, para seguirem o SENHOR, e guardarem os seus mandamentos, os seus testemunhos e os seus estatutos, com todo o coração e com toda a alma, confirmando as palavras desta aliança, que estavam escritas naquele "Livro"; e todo o povo apoiou esta aliança. Como conseqüência deste nobre e sábio gesto do rei, toda idolatria, profanação e todas as abominações que eram cometidas no meio do povo é 'eliminada' trazendo de volta a celebração da Páscoa e devolvendo a Israel novamente a Paz e o Honra.
Que ao meditarmos no "Livro", possamos ver realmente onde estamos em falha com Deus e 'eliminar', 'corrigir' nossas faltas para alcançarmos mais o favor do nosso Senhor.
Que o Deus de Josias seja com todos!


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com

"O Livro"

II Timóteo 3:16 - Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

Boa tarde aos meus amados e amadas em Cristo, que a gloriosa Paz do Senhor seja com todos.
O ardente anseio de meu coração neste dia é compartilhar algo de Deus para nossas vidas no tocante a um assunto muito pouco ensinado; a plena, real e profunda importância da Bíblia, ou seja, "O Livro". O termo "Bíblia" de origem grega quer dizer "livrinhos" e tem um papel fundamental na vida do cristão. Horace Greeley, um influente jornalista americano e fundador do Partido Republicano Norte Americano, afirma categoricamente: "é impossível escravizar mental e socialmente um povo que lê a Bíblia". Mas infelizmente pesquisas feitas comprovaram que apenas 5% dos 'crentes' lêem a Bíblia, enquanto 95% não a lêem, não meditam sobre o rico conteúdo do "Livro". Esta meditação não está relacionada apenas aos momentos de culto, mas sim em uma leitura diária do "Livro". Segundo alguns pastores e teólogos, podemos afirmar que a palavra no original hebraico é traduzida por 'meditação' e pode ser comparada com o 'ruminar', com o 'mascar'.
Partindo deste princípio podemos ver claramente os propósitos e fins que "O Livro" exerce na vida de um cristão. Além de ser totalmente, absolutamente inspirada por Deus, a escritura, isto é, "O Livro" é útil, proveitoso para 'o ensino', para 'redargüir', para 'corrigir' e 'instruir em justiça'.
Nesta primeira parte vamos destacar apenas a característica do 'ensino'. A palavra ensino significa indicar, transmitir, encaminhar. Fornecer ou obter informações ou esclarecimentos.
É o que Deus faz na vida do Josué. Ao falar com Josué, o Senhor deixa bem claro suas promessas decorrentes da instrução dada ao seu ungido: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés. Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei (Josué 1:2, 3 e 5). Mas vem também a instrução, o esclarecimento, o ensino: Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca "O Livro" desta lei; antes medita "Nele" dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto "Nele" está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido (Josué 1:7 e 8). Ou seja, o ensino, a instrução do Senhor é clara e objetiva, sem rodeios. Josué faça assim e então assim acontecerá contigo. Fácil não! É por isso que muitos estão perecendo dentro de nossas igrejas hoje, porque não conhecem os ensinamentos que existem dentro do "Livro" da parte do nosso Deus. Que cada um de nós possamos nos dedicar mais no meditar deste "Livro", pois o tempo, a atenção, a dedicação e cuidado, o valor e a prioridade que temos para com "O Livro" mostra o relacionamento que temos com o seu autor.
Lembre-se amados: este é o único "Livro" que temos o privilegio de lermos junto, na companhia do autor.
Que o Espírito do Senhor, o autor do "Livro" seja com todos!


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com

"O Grande Encontro"


II Corintios 5:17 - Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

Queridos irmãos e irmãs no Senhor, gostaria apenas de deixar algo que o Deus dos Céus tem ministrado em meu viver.
Podemos encontrar ensinamentos ricos e preciosos na palavra de Deus, e quando olhamos para o versículo em questão, precisamos buscar a profundeza do que é 'tudo se fez novo'.
Um encontro pessoal e intimo com Jesus, com o seu amor supremo, só pode ser verdadeiro quando existe uma transformação e transformação em todas as áreas da vida. É inconcebível afirmarmos que houve um encontro com o Senhor quando as mudanças são apenas temporais ou superficiais. É necessário reais mudanças para que 'tudo se faça novo'.
No evangelho de Lucas 8:26 ao 39, na passagem do Geraseno, podemos ver com clareza as mudanças que um encontro com Cristo pode fazer na vida de uma pessoa. A mesma passagem se encontra também em Mateus 8:28 falando de dois endemoniados e faz uso do nome Gadareno. Isso ocorre porque naquela região leste do lago de Kinneret haviam três cidades: Gerasa, Gadara e Gergesa. Em Lucas, talvez por ele ser um medico, procurou focar mais especificamente a vida de um deles apenas. Mas isto são informações extras, o que esta em questão são as mudanças que ocorreram na vida de um homem.
Lucas 8:27 e 29 - E, quando desceu para terra, saiu-lhe ao encontro, vindo da cidade, um homem que desde muito tempo estava possesso de demônios, e não andava vestido, nem habitava em qualquer casa, mas nos sepulcros. Porque tinha ordenado ao espírito imundo que saísse daquele homem; pois já havia muito tempo que o arrebatava. E guardavam-no preso, com grilhões e cadeias; mas, quebrando as prisões, era impelido pelo demônio para os desertos.
Um homem que tinha sua vida moral (não se vestia), vida mental e emocional (nos sepulcros), social (no deserto) e espiritual (cativo) totalmente devastada pelos demônios ao encontra-se com Jesus alcança uma plena mudança em todas as áreas do seu viver.
Lucas 8:35 e 36 - E saíram a ver o que tinha acontecido, e vieram ter com Jesus. Acharam então o homem, de quem haviam saído os demônios, vestido, e em seu juízo, assentado aos pés de Jesus; e temeram. E os que tinham visto contaram-lhes também como fora salvo aquele endemoninhado.
Glórias a Deus! Aquele... que não se vestia, agora vestido; que andava nos sepulcros, agora em perfeito juízo; que ficava no deserto, agora assentado; que era preso por grilhões, agora salvo.
Todas as facetas da vida daquele homem agora são transformadas devido ao seu verdadeiro encontro com Cristo. E de tal maneira que ele desejava segui-lo onde quer que Ele fosse.
Isso é experimentar o que apostolo Paulo quis dizer no versículo que usamos para começarmos nossa meditação. Só um 'grande encontro' pode trazer 'grandes mudanças', e isso nós precisamos buscar todos os dias de nossas vidas para que 'tudo se faça novo'.
Que a Paz do Príncipe da Paz reine sobre todos vós.


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com