quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

"É Tempo de Erguer Nossos Olhos"

imagesCA25OJ3NIsaías 40:26 - Ergam os olhos e olhem para as alturas. Quem criou tudo isso? Aquele que põe em marcha cada estrela do seu exército celestial, e a todas chama pelo nome. Tão grande é o seu poder e tão imensa a sua força, que nenhuma delas deixa de comparecer!
Queridos e amados irmãos e irmãs, quando olhamos para esta palavra devemos estar cientes que Isaias 40 é um dos textos mais lidos pelas comunidades judaicas, pois demonstra a grandeza e a soberania de Deus, além de trazer conforto e esperança de renovo.
Mas precisamos sair do lugar que limita nossa visão e nos impede de contemplarmos tais maravilhas e insondáveis promessas.
Gênesis 15:5 - Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência. Abraão, o pai de fé, precisou sair debaixo da tenda, pois só assim poderia olhar para o alto e ver a promessa de Deus para sua vida;
Números 14:7 - E falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pela qual passamos a espiar é terra muito boa. Josué e Calebe estavam com seus olhos no Deus da promessa e não nos gigantes que ali haviam.
Josué 6:2 - Então disse o SENHOR a Josué: Olha, tenho dado na tua mão a Jericó, ao seu rei e aos seus homens valorosos. Por maior e mais fortificada que fossem os muros de Jericó, os olhos de Josué não estavam nas barreiras, mas sim no Deus Todo Poderoso.
I Samuel 1:10 - Ela, pois, com amargura de alma, orou ao SENHOR, e chorou abundantemente. Ana, humilhada e desprezada não olhou para seu opróbrio, nem se conformou com a situação, antes pela oração e suplica orou e chorou abundantemente ao Senhor e viu o impossível acontecer em sua vida.
Não dá para enumerar e citar todos aqueles e aquelas que não deixaram se abater pelas circunstancias, mas antes fizeram o que diz o Salmo 121, e levantaram, olharam para os montes, crendo que o socorro vem do céu. Como diz o apostolo Paulo a Timóteo... porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele dia.
Enfim, é tempo mais que oportuno de olharmos para o alto, para o céus, pois é de lá que vem nossas respostas. Como disse João Batista: O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu. Se olharmos para as tempestades podemos afundar como Pedro, mas se olharmos para o Céu, morada do Altíssimo, podemos então declarar: Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra, como disse Jó.
Que a Paz do Príncipe da Paz, que reina nos Céus seja com todos.
Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
Email: evangelistacesar@hotmail.com
Email: cesartucci@gmail.com

"Vida Marcada"

 

imagesCA0XVXWGEzequiel 9:4 - E disse-lhe o SENHOR: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela.
Amados irmãos e irmãs no Senhor, vamos hoje falar de algo que acontece, aconteceu e vem acontecendo na vida de todos nós. Gostaria de falar sobre 'marcas'. Quando buscamos o significado para esta palavra encontramos a seguinte definição: sinal, indício para distinguir.
Aqui no texto o profeta Ezequiel, em uma visão dada pelo Senhor, ele ouve as recomendações dadas pelo próprio Deus aos querubins sobre fazer um sinal, marcar a testa de todos aqueles que não concordam com as abominações e pecados que o povo cometia.
Em nossas vidas, em nossa caminhada cristã somos marcados de diversas formas. Quantas marcas nós carregamos por conseqüência de decisões e escolhas erradas que fizemos ou atitudes corretas que deixamos de tomar.
Quantas vezes levamos marcas antigas, do nosso passado, doloridas e amargas em nossos corações. Que sinais têm marcado nosso viver?
Olhando para a Palavra de Deus, encontramos algumas pessoas 'marcadas' pelo próprio Senhor, que levam consigo o sinal do Deus Vivo e de seu mover.
Gênesis 9:12 - E disse Deus: Este é o 'sinal da aliança' que ponho entre mim e vós, e entre toda a alma vivente, que está convosco, por gerações eternas. Noé carrega consigo um 'sinal', uma 'marca' que demonstra o compromisso do Senhor para com aqueles que são justos em suas gerações, pois Noé andava com Deus e obedecera ao Senhor em tudo (Gênesis 6:9 e 22).
Êxodo 12:22 - Então tomai um molho de hissopo, e molhai-o no sangue que estiver na bacia, e 'passai-o na verga da porta, e em ambas as ombreiras', do sangue que estiver na bacia; porém nenhum de vós saia da porta da sua casa até à manhã. Moisés após nove pragas enviadas pelo Senhor ao Egito, recebe agora uma ordem de 'marcar' com sangue as portas, como 'sinal' de livramento da parte de Deus.
Josué 2:18 - Eis que, quando nós entrarmos na terra, atarás este cordão de fio de escarlata à janela por onde nos fizeste descer; e recolherás em casa contigo a teu pai, e a tua mãe, e a teus irmãos e a toda a família de teu pai. A meretriz Raabe ao guardar a vida dos espias recebe a orientação de amarrar e 'marcar', a janela de sua casa, trazendo consigo assim o 'sinal' de salvação.
Gálatas 6:17 - Desde agora ninguém me inquiete; porque trago no meu corpo as marcas do Senhor Jesus. O apóstolo Paulo que fora um grande perseguidor da igreja de Jesus, agora trás consigo as 'marcas do amor' revelado na cruz, dizendo que ninguém o inquietasse, o perturbasse com acusações concernentes aos erros que cometera antes de se converter.
Jacó, tem a coxa marcada após lutar pela sua benção... Enfim amados, não sei quais marcas você tem carregado em sua vida, mas aqui estão algumas 'marcas' e 'sinais' que podemos e devemos carregar sobre nós. Marcas de vencedores, de conquistadores, de pessoas inconformadas, transformadas e remidas pelo poder da Palavra de Deus. Carreguemos um sinal de Deus em nós e em nossas atitudes e escolhas.
Que o Deus que marca nossa historia seja com todos.
Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
Email: evangelistacesar@hotmail.com
Email: cesartucci@gmail.com

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

"Entre na Arca"

 

 

Mateus 24:37 - E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.

Sprout.Boa tarde e que a Paz seja sobre todos os amados e queridos do Senhor.
Estamos hoje vivendo dias trabalhosos, como já havia previsto apostolo Paulo em sua carta a Timóteo. O mundo vivendo cada vez mais sem Deus, enfrenta a degradação e o deterioramento dos valores morais, éticos, sociais e econômicos. Dias de extrema futilidade da vida e banalização do 'ser'. O caos está espalhado em todas as camadas sociais e abrange todas as nações e continentes e isso já ocorreu antes.
Genesis 6:5 ao 13.O Senhor viu que a perversidade do homem tinha aumentado na terra e que toda a inclinação dos pensamentos do seu coração era sempre e somente para o mal. Então o Senhor arrependeu-se de ter feito o homem sobre a terra; e isso cortou-lhe o coração. Disse o Senhor: "Farei desaparecer da face da terra o homem que criei, os homens e também os animais grandes, os animais pequenos e as aves do céu. Arrependo-me de havê-los feito". Ora, a terra estava corrompida aos olhos de Deus e cheia de violência. Ao ver como a terra se corrompera, pois toda a humanidade havia corrompido a sua conduta, Deus disse a Noé: Darei fim a todos os seres humanos, porque a terra encheu-se de violência por causa deles. Eu os destruirei juntamente com a terra.
Quando olhamos e examinamos e meditamos no texto vemos que o 'mundo', o sistema que estamos vivendo tem a mesma cara, o mesmo contexto que vivia Noé naqueles dias. Hoje infelizmente a homem não honra mais o seu Criador e busca de maneira frenética e desenfreada a satisfação dos seus próprios desejos e anseios. A pedofilia, os homicídios, os estupros, as drogas, a imoralidade, o culto às coisas erradas, o egoísmo, as vaidades da vida, a corrupção e outras muitas formas de conduta tem afastado mais e mais o homem de Deus.
Como 'sobreviver' então em meio a um contexto tão deprimente e sem dignidade? Pense comigo! Noé demorou aproximadamente de 100 a 120 anos para construir a arca e nela entrar com os animais e sua família. O verso 22 diz que Noé fez tudo exatamente como Deus lhe tinha ordenado e após sete dias dentro da arca as águas do dilúvio ainda não haviam descido. Mas depois dos sete dias, as águas do Dilúvio vieram sobre a terra.
A arca nos dias de hoje é a igreja de Jesus, é o lugar onde nós buscamos refugio e alimento para nossas vidas, é onde podemos e temos abrigo para escaparmos do pecado e das maledicências que são tão comuns hoje em dia. Vamos nos refugiar na arca, entremos pelas suas portas com ações de graças e juntamente com os 'Noés' levantados por Deus, cuidemos de cada 'casal' e de cada 'tipo' que nela habita e se abriga. Somente dentro da 'arca', da igreja, é que venceremos o dilúvio do pecado. Como diz a carta aos Hebreus 12, 'portanto, também nós, uma vez que estamos rodeados por tão grande nuvem de testemunhas, livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve, e corramos com perseverança a carreira que nos é proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da nossa fé. Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus. Pensem bem naquele que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem.
Amados irmãos e irmãs no Senhor assim como na arca, uma hora as portas vão se fechar, portanto entremos por ela antes que Ele venha e a porta se feche e seja tarde.
Que o Deus de Noé seja com todos nós.
Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
Email: evangelistacesar@hotmail.com
Email: cesartucci@gmail.com

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

"Tempestades"

Atos 27:18 - E, andando nós agitados por uma veemente tempestade, no dia seguinte aliviaram o navio.


Olá amados em Cristo.
O ardente desejo de meu ser é deixar algo que venha de encontro com os anseios de nossos corações. Quando meditamos nesta passagem, onde o apóstolo Paulo e todos da embarcação enfrentam um furacão chamado Euro-aquilão, vemos que ele e mais os que juntos estavam passaram por momentos de transtornos e angústia ao ponto do próprio apóstolo declarar no verso 20 que havia já muitos dias sem sol nem estrelas, e caindo sobre eles uma não pequena tempestade, fugiu toda a esperança de serem salvos.
Em nossas vidas não é diferente. Passamos por vários momentos de adversidades e grandes tempestades, mas ficam aqui pra nós três tipos de tempestades e como podemos passar por elas. Não estou afirmando que só há três tipos, mas quero pela permissão do Espírito Santo falar destas três apenas.
A Tempestade Natural, a Tempestade Espiritual e a Tempestade Soberana...
- A Natural, que são as adverisades do dia a dia, situações naturais e acontecimentos do cotidiano onde nós vencemos usando nossa fé em Cristo Jesus... Mateus 14:29 - E ele disse: Vem. E Pedro, descendo do barco, andou sobre as águas para ir ter com Jesus. Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me! E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste em teu coração?
Não duvide, creia!
- A Espiritual, que são artimanhas e ciladas do nosso 'astuto' adversário, as quais nós só vencemos usando a autoridade em Jesus... Lucas 8:23 - E, navegando eles, adormeceu; e sobreveio uma tempestade de vento no lago, e enchiam-se de água, estando em perigo. E, chegando-se a ele, o despertaram, dizendo: Mestre, Mestre, perecemos. E ele, levantando-se, repreendeu o vento e a fúria da água; e cessaram, e fez-se grande bonança.
Não aceite, repreenda!
- A Soberana, que é um tipo de tempestade onde só vencemos quando obedecemos o querer e a vontade de Deus segundo o seus insondáveis propósitos... Jonas 1:4 - Mas o SENHOR mandou ao mar um grande vento, e fez-se no mar uma forte tempestade, e o navio estava a ponto de quebrar-se. E ele lhes disse: Levantai-me, e lançai-me ao mar, e o mar se vos aquietará; porque eu sei que por minha causa vos sobreveio esta grande tempestade. E levantaram a Jonas, e o lançaram ao mar, e cessou o mar da sua fúria.
Não se iluda, obedeça!
Enfim amados, que possamos aprender com esta palavra e seguirmos adiante vencendo as tempestades que virão. Como disse o anjo do Senhor a Paulo: não temas; importa que sejas apresentado a César, e eis que Deus te deu todos quantos navegam contigo. Portanto, ó senhores, tende bom ânimo; porque creio em Deus, que há de acontecer assim como a mim me foi dito.
Paz do Senhor ao povo de Deus.

Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
msn: evangelistacesar@hotmail.com
emai: cesartucci@gmail.com
http://evangelistacesar.blogspot.com/

terça-feira, 26 de outubro de 2010

"O Rei Vai Devolver”

"O Rei Vai Devolver"

II Reis 8:6 - E o rei perguntou à mulher, e ela lho contou. Então o rei lhe deu um oficial, dizendo: Faze-lhe restituir tudo quanto era seu, e todas as rendas das terras desde o dia em que deixou a terra até agora.

Queridos e amados irmãos e irmãs no Senhor, quero apenas deixar algo do Deus Supremo para nossas vidas.
Quando lemos o texto em questão, onde Geazi esta contando a pedido do próprio rei todos os feitos do profeta Eliseu, vemos que no ato do relatar, chega à mulher a qual o filho lhe havia sido devolvido com vida. O rei maravilhado dá uma ordem de 'devolver tudo' o que ela havia deixado, perdido após sete anos.
Ao lermos também em Gênesis 41:39 ao 44, vemos um rapaz sonhador, cheio de vida e desejos em seu coração, mas que devido aos seus sonhos foi invejado, odiado, traído e vendido pelos próprios irmãos como escravo a outro povo. José após 13 anos aproximadamente, o sonhador tem 'de volta', pelas mãos do rei a sua 'honra', que havia sido manchada com sangue e mentiras.
Em II Samuel 9, vemos uma situação bem semelhante. O rei Davi, por amor a Jônatas, procura alguém da casa de Saul para com ele agir com benevolência e benignidade. Chega a sua presença Mefibosete, um homem aleijado de ambos os pés, esquecido e abandonado em Lo-Debar, um lugar de tristeza e dor. Mas o rei 'devolve' a Mefibosete a 'dignidade'. O aleijado que antes se arrastava agora tem lugar à mesa do rei, todos os dias juntamente com sua família real.
Meu amado irmão, minha querida irmã. Em Lucas 7:11 ao 17, podemos encontrar outro exemplo lindo, onde o Rei Jesus se encontra com o enterro do único filho de uma viúva e movendo-se de íntima compaixão toca a esquife e ressuscita o que antes estava morto. O Rei devolve à vida daquela viúva a esperança e a alegria.
Não sei em que área de sua vida, onde é que ao olhar parece que já se foi que não tem mais jeito. Talvez você esteja se sentindo como José; seus sonhos foram pisados e ficaram na prisão... Ou talvez se sinta como Mefibosete; sem condições de continuar, esquecido, abandonado... Ou ainda se veja como aquela viúva; sem esperança e sem alegria... CREIA! O Rei tem poder para devolver. Basta acreditar, chegar até Ele, buscá-lo, se humilhar e ouvir Sua doce voz.
Não importa o que se perdeu, mas sim confiar que o Rei pode devolver para a Glória do seu Eterno Reino. Nosso irmão Jó não sabia, nem tinha consciência porque passava por tantas adversidades, mas 'teve de volta' em dobro tudo que havia perdido. Na vida da mulher do texto inicial não foi diferente.
Falo daquilo que tenho vivido e experimentado da parte de Deus!
Que a Paz do Rei Restaurador seja com todos.


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
Email: evangelistacesar@hotmail.com
Email: cesartucci@gmail.com

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

"Para Vencer É Preciso Descer"

Tiago 4:10 - Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.

Boa tarde e que a Paz seja sobre todos.
Vivemos hoje 'alguns tipos' de cristianismo que foge completamente da imutabilidade do evangelho de Jesus. Todos querem as bênçãos, as conquistas, as vitórias, o reconhecimento, as promessas... em fim, queremos, queremos e queremos. Mas esquecemos que precisamos usar um principio fundamental da Palavra de Deus que é inverso do mundo: a humildade. No reino celestial para subirmos é necessário primeiro descermos. Pense nisso!
Gideão desceu até as águas do rio (Juízes 7:4);
Davi desceu até ribeiro antes de lutar contra o gigante (I Samuel 17:40);
Jeremias desceu à casa do oleiro (Jeremias 18:2);
Sadraque, Mesaque e Abdnego desceram até na fornalha (Daniel 3:23);
Daniel desceu na cova dos leões (Daniel 6:16);
Jonas desceu até o ventre do peixe (Jonas 2:3);
A mulher do fluxo de sangue desceu à orla das vestes de Rei Jesus (Mateus 15:21);
Uma mulher pecadora desceu em prantos aos pés do Cristo Salvador (Lucas 7:36)
Zaqueu desceu do alto para ter o Mestre dentro do seu lar (Lucas 19:5);
Saulo desceu (caiu) da montaria para ser transformado em apóstolo dos gentios (Atos 9:4);
O próprio Jesus desceu para lavar os pés dos discípulos (João 13);
... e assim por diante...
Amados que estes exemplos, fora outros inúmeros que não foram citados, possam servir para nosso dia a dia. Precisamos entender o que o Senhor quer nos ensinar quando Ele diz: Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado (Lucas 14:11). Humilhar-se é um privilegio e uma honra para nós, povo de Deus, pois Ele deixou o maior exemplo para toda humanidade... Filipenses 2:5 ao 8 - De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz... I Pedro 5:6 - Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;
Que o rico exemplo de Jesus seja com todos e sobre todos!
Paz do Senhor.

Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com

"O Livro - Parte II"

II Timóteo 3:16 - Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

Bom dia povo de Deus. Que Cristo e sua gloriosa Paz seja com todos.
Voltando a meditação no tema que iniciamos no domingo passado, sobre "O Livro", vamos hoje meditar em outra característica importante: corrigir. Tem por significado: mudar para bem ou para melhor; tirar defeitos; eliminar os erros. Partindo deste princípio podemos olhar pala o livro de II Reis e ver o rumo de toda uma nação em pleno estado decadente ser 'corrigido'.
Tinha Josias oito anos de idade quando começou a reinar, e reinou trinta e um anos em Jerusalém; e fez o que era reto aos olhos do SENHOR andando em todo o caminho de Davi, seu pai, e não se apartou dele nem para a direita nem para a esquerda. E o que mais chama a atenção neste texto tão rico para a vida do cristão é que Juerusalem estava fora dos propósitos do coração do Senhor e isso só foi descoberto depois de se ler "O Livro". II Reis 22:8 - Então disse o sumo sacerdote Hilquias ao escrivão Safã: Achei "O Livro" da lei na casa do SENHOR. E Hilquias deu "O Livro" a Safã, e ele o leu diante do rei. Sucedeu, pois, que, ouvindo o rei as palavras do "Livro" da lei, rasgou as suas vestes e disse: Ide, e consultai o SENHOR por mim, pelo povo e por todo o Judá, acerca das palavras deste "Livro" que se achou; porque grande é o furor do SENHOR, que se acendeu contra nós; porquanto nossos pais não deram ouvidos às palavras deste "Livro", para fazerem conforme tudo quanto acerca de nós está escrito. Quando lemos e analisamos o texto, vemos que o rei ao ficar consciente dos caminhos errados em que o povo e a nação andavam, turbou-se e procurou 'corrigir', 'eliminar' os erros que estavam cometendo diante dos estatutos do Senhor. No capitulo seguinte o rei lê para todo o povo "O Livro" e refaz, restaura a aliança com o Deus Vivo. II Reis 23- O rei subiu à casa do SENHOR, e com ele todos os homens de Judá, e todos os moradores de Jerusalém, os sacerdotes, os profetas e todo o povo, desde o menor até ao maior; e leu aos ouvidos deles todas as palavras do "Livro" da aliança, que se achou na casa do SENHOR. E o rei se pôs em pé junto à coluna, e fez a aliança perante o SENHOR, para seguirem o SENHOR, e guardarem os seus mandamentos, os seus testemunhos e os seus estatutos, com todo o coração e com toda a alma, confirmando as palavras desta aliança, que estavam escritas naquele "Livro"; e todo o povo apoiou esta aliança. Como conseqüência deste nobre e sábio gesto do rei, toda idolatria, profanação e todas as abominações que eram cometidas no meio do povo é 'eliminada' trazendo de volta a celebração da Páscoa e devolvendo a Israel novamente a Paz e o Honra.
Que ao meditarmos no "Livro", possamos ver realmente onde estamos em falha com Deus e 'eliminar', 'corrigir' nossas faltas para alcançarmos mais o favor do nosso Senhor.
Que o Deus de Josias seja com todos!


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com

"O Livro"

II Timóteo 3:16 - Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;

Boa tarde aos meus amados e amadas em Cristo, que a gloriosa Paz do Senhor seja com todos.
O ardente anseio de meu coração neste dia é compartilhar algo de Deus para nossas vidas no tocante a um assunto muito pouco ensinado; a plena, real e profunda importância da Bíblia, ou seja, "O Livro". O termo "Bíblia" de origem grega quer dizer "livrinhos" e tem um papel fundamental na vida do cristão. Horace Greeley, um influente jornalista americano e fundador do Partido Republicano Norte Americano, afirma categoricamente: "é impossível escravizar mental e socialmente um povo que lê a Bíblia". Mas infelizmente pesquisas feitas comprovaram que apenas 5% dos 'crentes' lêem a Bíblia, enquanto 95% não a lêem, não meditam sobre o rico conteúdo do "Livro". Esta meditação não está relacionada apenas aos momentos de culto, mas sim em uma leitura diária do "Livro". Segundo alguns pastores e teólogos, podemos afirmar que a palavra no original hebraico é traduzida por 'meditação' e pode ser comparada com o 'ruminar', com o 'mascar'.
Partindo deste princípio podemos ver claramente os propósitos e fins que "O Livro" exerce na vida de um cristão. Além de ser totalmente, absolutamente inspirada por Deus, a escritura, isto é, "O Livro" é útil, proveitoso para 'o ensino', para 'redargüir', para 'corrigir' e 'instruir em justiça'.
Nesta primeira parte vamos destacar apenas a característica do 'ensino'. A palavra ensino significa indicar, transmitir, encaminhar. Fornecer ou obter informações ou esclarecimentos.
É o que Deus faz na vida do Josué. Ao falar com Josué, o Senhor deixa bem claro suas promessas decorrentes da instrução dada ao seu ungido: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo o lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado, como eu disse a Moisés. Ninguém te poderá resistir, todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei (Josué 1:2, 3 e 5). Mas vem também a instrução, o esclarecimento, o ensino: Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca "O Livro" desta lei; antes medita "Nele" dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto "Nele" está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido (Josué 1:7 e 8). Ou seja, o ensino, a instrução do Senhor é clara e objetiva, sem rodeios. Josué faça assim e então assim acontecerá contigo. Fácil não! É por isso que muitos estão perecendo dentro de nossas igrejas hoje, porque não conhecem os ensinamentos que existem dentro do "Livro" da parte do nosso Deus. Que cada um de nós possamos nos dedicar mais no meditar deste "Livro", pois o tempo, a atenção, a dedicação e cuidado, o valor e a prioridade que temos para com "O Livro" mostra o relacionamento que temos com o seu autor.
Lembre-se amados: este é o único "Livro" que temos o privilegio de lermos junto, na companhia do autor.
Que o Espírito do Senhor, o autor do "Livro" seja com todos!


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com

"O Grande Encontro"


II Corintios 5:17 - Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

Queridos irmãos e irmãs no Senhor, gostaria apenas de deixar algo que o Deus dos Céus tem ministrado em meu viver.
Podemos encontrar ensinamentos ricos e preciosos na palavra de Deus, e quando olhamos para o versículo em questão, precisamos buscar a profundeza do que é 'tudo se fez novo'.
Um encontro pessoal e intimo com Jesus, com o seu amor supremo, só pode ser verdadeiro quando existe uma transformação e transformação em todas as áreas da vida. É inconcebível afirmarmos que houve um encontro com o Senhor quando as mudanças são apenas temporais ou superficiais. É necessário reais mudanças para que 'tudo se faça novo'.
No evangelho de Lucas 8:26 ao 39, na passagem do Geraseno, podemos ver com clareza as mudanças que um encontro com Cristo pode fazer na vida de uma pessoa. A mesma passagem se encontra também em Mateus 8:28 falando de dois endemoniados e faz uso do nome Gadareno. Isso ocorre porque naquela região leste do lago de Kinneret haviam três cidades: Gerasa, Gadara e Gergesa. Em Lucas, talvez por ele ser um medico, procurou focar mais especificamente a vida de um deles apenas. Mas isto são informações extras, o que esta em questão são as mudanças que ocorreram na vida de um homem.
Lucas 8:27 e 29 - E, quando desceu para terra, saiu-lhe ao encontro, vindo da cidade, um homem que desde muito tempo estava possesso de demônios, e não andava vestido, nem habitava em qualquer casa, mas nos sepulcros. Porque tinha ordenado ao espírito imundo que saísse daquele homem; pois já havia muito tempo que o arrebatava. E guardavam-no preso, com grilhões e cadeias; mas, quebrando as prisões, era impelido pelo demônio para os desertos.
Um homem que tinha sua vida moral (não se vestia), vida mental e emocional (nos sepulcros), social (no deserto) e espiritual (cativo) totalmente devastada pelos demônios ao encontra-se com Jesus alcança uma plena mudança em todas as áreas do seu viver.
Lucas 8:35 e 36 - E saíram a ver o que tinha acontecido, e vieram ter com Jesus. Acharam então o homem, de quem haviam saído os demônios, vestido, e em seu juízo, assentado aos pés de Jesus; e temeram. E os que tinham visto contaram-lhes também como fora salvo aquele endemoninhado.
Glórias a Deus! Aquele... que não se vestia, agora vestido; que andava nos sepulcros, agora em perfeito juízo; que ficava no deserto, agora assentado; que era preso por grilhões, agora salvo.
Todas as facetas da vida daquele homem agora são transformadas devido ao seu verdadeiro encontro com Cristo. E de tal maneira que ele desejava segui-lo onde quer que Ele fosse.
Isso é experimentar o que apostolo Paulo quis dizer no versículo que usamos para começarmos nossa meditação. Só um 'grande encontro' pode trazer 'grandes mudanças', e isso nós precisamos buscar todos os dias de nossas vidas para que 'tudo se faça novo'.
Que a Paz do Príncipe da Paz reine sobre todos vós.


Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
Rua Francisco Lopes, 128
Santa Felícia - São Carlos - SP
email: evangelistacesar@hotmail.com

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

O Medo

"O Medo"

Mateus 14:30 - Mas, sentindo o vento forte, teve medo; e, começando a ir para o fundo, clamou, dizendo: Senhor, salva-me!
Que a gloriosa Paz do Senhor seja com todos.
Gostaria de compartilhar algo de muito valor que Deus ministrou em minha vida através do seu Santo Espírito.
Vamos falar sobre o 'medo'. Um sentimento que faz parte da vida do ser humano e a cada dia tem assolado vidas e mais vidas. O 'medo', hoje chamado de 'síndrome do pânico', depressão, baixa estima e tantos outros sinônimos têm aprisionado muitas pessoas independentes de idade, sexo ou grau social.
Para podermos compreender um pouco mais este sentimento, que por um momento ou outro, já fez parte de nossa vida e sempre estará presente, precisamos olhar para o começo de tudo.
Em Gênesis 3:7 ao 10 - Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais. E ouviram a voz do SENHOR Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do SENHOR Deus, entre as árvores do jardim. E chamou o SENHOR Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás? E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e tive 'medo', porque estava nu, e escondi-me.
Fica claro na leitura do texto que este sentimento, o 'medo', começou a fazer parte da vida, da história do ser humano por consequencia do pecado que o fez tomar conhecimento do 'bem' e do 'mal'. Mas quando analisamo a Palavra de Deus, podemos ainda assim aprender a fazer uso deste sentimento, e dele extrair uma grande vitória ou uma dolorosa derrota.
No livro de I Samuel 13:5 ao 14, fica claro e evidente que Saul viu todo o seu trono e todo o seu reinado escoar pelas suas mãos, por ver o povo se dispersando e levado ao 'medo', desobedeceu a Deus. Muitas vezes por muito pouco, sofremos grandes perdas e dolorosas derrotas por consequencia de não sabermos lhe dar com a insegurança e dúvida, frutos do 'medo'. Já quando meditamos em II Crônicas 20:1 ao 30, podemos ver uma situação de extremo sentimento de 'medo' na vida do rei Josafá e de todo o povo. Porém o rei ao invés de se desesperar e tomar atitudes de seu próprio coração, ele busca ao Senhor, pede socorro ao Deus dos Céus, se humilha e coloca o povo todo em jejum por uma intervenção divina. O desfecho é totalmente contrário do que aconteceu com o rei Saul. Josafá tem plena vitória sobre seus inimigos sem ao menos precisar lutar. Esforço mesmo, foi apenas para tomar posse dos despojos que ficaram.
Este sentimento chamado 'medo' sempre fará parte de nossas vidas, mas precisamos direcioná-lo ao Senhor, com humildado e fé, sabendo que sempre, em Deus, a resposta de vitória vem. É por isso que Ele diz por 365 vezes em sua Santa Palavra; Não temas!
Não sejamos como Pedro, afundando em nossas dúvidas.
Paz do Deus de Josafá seja com todos.
Evangelista Cesar Augusto A. Tucci
ICPB - Ministério Porta da Vida / Sede
São Carlos - SP
http://evangelistacesar.blogspot.com